Acne

Mais conhecida como “espinhas”, é uma doença inflamatória crônica da unidade pilossebácea que acomete principalmente a face, o tórax e as costas. O quadro é muito frequente na adolescência e apresenta curso prolongado, com grande impacto psicossocial na qualidade de vida dos pacientes.

A causa é complexa e envolve diversos fatores, como hereditariedade, predisposição genética e fatores hormonais, ambientais e associados ao tipo de pele, entre outros. Até mesmo o estado emocional pode favorecer o aparecimento de acne.

tratamento:

O diagnóstico correto e precoce é fundamental para obter melhores resultados e evitar cicatrizes. Existem diversas opções de tratamento disponíveis, como o uso de soluções desengordurantes da pele, antibióticos, retinoides tópicos (ácido retinoico, adapaleno) e orais (Roacutan®), peelings químicos e laser.