Micose

As micoses superficiais da pele são infecções incômodas e resistentes, causadas por fungos que atingem a pele, as unhas e os cabelos.

Os fungos alimentam-se da gordura ou da queratina presentes na superfície cutânea, nas unhas e nos cabelos. Quando encontram condições propícias ao seu desenvolvimento, como calor, umidade, baixa imunidade ou uso de antibióticos sistêmicos por longo prazo (que alteram o equilíbrio da pele), os fungos se reproduzem e causam a doença.

Tanto adultos quanto crianças podem ser vítimas das micoses, principalmente nos climas quentes. Além disso, pessoas com baixa imunidade também são mais suscetíveis à doença.

tratamento:

O tratamento depende do tipo de micose e também do local afetado. Depois de feito o diagnóstico, que pode ser clínico ou através de exames de raspagem, o dermatologista indicará medicações locais (cremes, loções, talcos) ou orais, de acordo com a intensidade de cada caso.

O tratamento da micose é sempre prolongado e não pode ser interrompido assim que desaparecem os sintomas, pois o fungo nas camadas mais profundas pode persistir. Portanto, a medicação deve ser usada pelo tempo indicado pelo médico.